WEST 1 Intercâmbio
  • Nossos Destinos
  • Austrália
  • Canadá
  • Irlanda
  • Nova Zelândia
  • Sobre nós
  • Blog
  • Nossos Serviços
  • Sobre a WEST 1
  • Social Media links
  • West 1 TV
  • Escolas e Cursos
  • Agências
  • Ouvidoria
  • Fale Conosco
  • Intercâmbio em Galway Irlanda

    GALWAY

    Snapshot

    Overview

    Overview

    › População:

    79.504 (2016)

    › Área:

    53 km²

    › Fuso Horário:

    Entre 2 a 4 horas à frente do horário de Brasília/Brasil, dependendo da época do ano. ** E no Horário de Verão? O horário de verão na Irlanda vai do último domingo de março até o último domingo de outubro. No final de outubro o Brasil entra em horário de verão, adiantando os relógios brasileiros em 1 hora, portanto, a diferença diminui para 3 horas. Como em boa parte desse período (março a outubro) o Brasil está em seu horário tradicional, durante a maior parte do ano a diferença entre Brasil-Irlanda é de 4 horas. Em contrapartida, quando o horário de verão está em vigor somente no Brasil, a diferença cai para apenas duas horas.

    › Código Telefônico:

    +353

    › Localização (Região):

    ‎Galway é uma cidade e a capital do condado de mesmo nome. É a quarta maior cidade do país e a maior da província de Connacht, dentre as quatro da Irlanda (Leinster, Munster, Úlster e Connacht).

    › Densidade demográfica:

    1,508.1/km² (2016)

    › Custo de vida:

    Estimativa mensal para uma pessoa (sem aluguel): € 748.91

    › Temperatura média:

    Clima é úmido e instável. Raramente neva nesta cidade. No mês de Janeiro, a temperatura média seria de 5,9 °C e, em Julho, de 15,9 °C.

    Climate

    Climate

    Galway tem um clima ameno, úmido, temperado e, porque não dizer, imprevisível durante todo o ano, devido aos ventos provenientes da corrente do Oceano Atlântico Norte. No entanto, temperaturas abaixo de 0 ° C e acima de 30 ° C são raras por lá. A cidade recebe uma média de 1.156 mm de precipitação anual, que é distribuída uniformemente ao longo do ano. Em janeiro, a temperatura média janeiro é de 5,9 ° C e em julho de 15,9 ° C. Embora o clima extremo seja raro, a província e o condado de Galway podem experimentar fortes tempestades de vento - resultado de depressões vigorosas do Atlântico que, ocasionalmente, passam ao longo da costa noroeste da Irlanda. A maioria dessas tempestades ocorre entre o final do outono e início da primavera. Devido à localização norte da cidade e sua longitude, Galway tem longos dias de verão. A luz do dia no meio do verão começa a incidir antes das 04h30 e chega a perdurar até às 23h. Já no decorrer do inverno, a luz do dia começa por volta de 08h30 e desaparece às 16h.

    Lifestyle

    Lifestyle

    Uma mistura de estilo que atende desde o perfil pacato que busca uma cidade mais calma, de interior, sem deixar de atender os mais animadinhos com a gama de pub e restaurantes que agitam a vida noturna em Galway.

    History

    History

    A Cidade das Tribos, como é conhecida, foi originalmente fundada como uma vila de pescadores nas proximidades do Arco Espanhol, onde o rio Corrib flui para a bela Baía de Galway.

    Por volta de 1230, foi mantida pelos anglo-normandos sob o comando de Richard de Burgo, mas, constantes ataques aéreos pelos vários clãs da região demandaram a construção muralhas defensivas. Só então a cidade começou a crescer e prosperar.
    Uma carta foi concedida em 1396 por Ricardo II, que delegou poderes de governança para 14 famílias de comerciantes locais. Cada uma das 14 tribos manteve quase que uma independência, enquanto ainda mantinham ligações respeitosas com a coroa britânica.

    Em outras partes do condado, no entanto, as batalhas continuaram. A Batalha de Aughrim, travada em 12 de julho de 1691, foi a última grande batalha terrestre na Irlanda. Envolveu os exércitos Williamita e Jacobita e seu resultado mudou o curso da história irlandesa. Os Williamites saíram vitoriosos, mas, estima-se que nove mil soldados perderam suas vidas naquele dia fatídico, caracterizando uma das batalhas mais sangrentas da história da Irlanda.

    Já o século XVIII, em Galway, foi mais pacífico, com protestantes latifundiários abastados construindo suas propriedades em vez de castelos defensivos. O Aughnanure Castle (século XV), assim como o Castelo de Portumna, do século XVII, são exemplos de belíssimos patrimônios históricos que seguem perpetuados. No entanto, estes foram tempos de grande desigualdade, com Galway e outros condados devastados pela Grande Fome de 1845, milhares de pessoas morreram e outras tantas emigram da Irlanda.

    A localização costeira estratégica de Galway e seu porto corroboraram para ligações comerciais bem-sucedidas com Portugal e Espanha. Dessa forma, a cidade prosperou por muitos séculos. Mais tarde, outros portos marítimos proeminentes surgiram na costa leste, como Dublin e Waterford, e o comércio com a Espanha chegou ao fim. Muitos anos se passariam até que Galway voltasse a gozar de prosperidade, mas o legado da longa e colorida história da cidade ainda é evidente no caráter e no estilo da cidade.

    Cost of Living

    Cost of Living

    Estimativa mensal para uma pessoa (sem aluguel): € 748.91

    Public Transport

    Public Transport

    Todos os meios de transporte públicos disponíveis na Irlanda trafegam na superfície. Seja por meio dos ônibus, trens, barcos e balsas, a grande vantagem em comum é poder contemplar as belíssimas paisagens durante o trajeto.
    Para economizar, a dica é aderir ao Leap Card (um cartão pré-pago que funciona como um Bilhete Único local).
    O sistema de cobrança, no entanto, é diferente do Brasil, onde as tarifas têm preço único, independentemente do itinerário. Na Irlanda, esse valor varia de acordo com a distância viajada.
    Os ônibus são a principal forma de transporte público em Galway. Existem quinze rotas na cidade que operam pelas empresas Bus Éireann e City Direct. Na saída da Eyre Square, no centro da cidade, está a única estação de trem de Galway - que liga a cidade à Dublin em apenas duas horas e meia e partem a cada duas horas.

    Estude e trabalhe
    em GALWAY

    Com trinta e cinco locais históricos muito bem preservados, trinta e um museus, dez galerias de arte e sede de mais de 100 festivais por ano, a cidade e condado de Galway pulsa história e cultura.

    Queridinha dos intercambistas, a cidade preserva seus ares interioranos, sem deixar de oferecer uma vida noturna fervilhante ao redor da Eyre Square, praça principal com as bandeiras das 14 tribos de mercadores que moldaram a cidade na Idade Média. Hoje, no entanto, não faltam pubs por lá, nem músicos tocando nas calçadas para acolher tanta gente em busca de diversão. O  O´Connors e Taaffes, são dois dos principais pubs da região que, além da variedade de rótulos que já é de se esperar, reúnem uma galera jovem e música da melhor qualidade.

    A paisagem natural em Galway também dá um show e atrai visitantes de toda a Irlanda para ver os extraordinários Penhascos de Moher, além de suas belíssimas praias, cachoeiras e montanhas, que são um convite a esportes radicais e muito lazer com qualidade de vida.

    Você sabia?

    • 'Festivais'

      Galway hospeda em média 122 festivais e eventos por ano.
    • 'catedral'

      A catedral (católica romana) de Nossa Senhora Assunta no Céu é construída no local da antiga cadeia de Galway.
    • 'Fome'

      Galway foi um dos condados mais afetados pela Grande Fome (1845-47); aproximadamente 20% da população morreu.
    • 'padroeiro'

      São Nicolau de Myra é o santo padroeiro da cidade de Galway desde o século XIV. Ele viveu na Grécia no século IV, é considerado o santo padroeiro das crianças e dizem ser a inspiração para o Papai Noel dos tempos modernos.
    • 'Castelo de Lynch'

      O Castelo de Lynch (a residência de um dos prefeitos de Galway e agora um banco) é o edifício mais antigo da Irlanda em uso comercial diário.
    • 'Fogo'

      Em 1473, Galway foi quase destruída pelo fogo. A tragédia, no entanto, serviu como impulso para que a alta cúpula da sociedade local construísse casas luxuosas. O Castelo de Lynch é um exemplo.
    • 'Cristóvão Colombo'

      Em 1477, Cristóvão Colombo visitou Galway e o povo de sua terra natal, Gênova, na Itália, presenteou o povo de Galway com um memorial em comemoração a esta visita.

    Saiba tudo sobre intercâmbio em GALWAY

    Descubra por que estudar em Cork com a WEST 1

    FAQ

    • 1) Por que estudar em Galway

      Sede de importantes universidades como a National University of Ireland, Galway-Mayo Institute of Technology e Galway Techical Institute, a cidade é tiro certo para quem pretende ir além do curso de inglês. Por conta das universidades e cursos técnicos, a região passou a atrair, também, as multinacionais estrangeiras que não param de chegar à Irlanda. O cenário favorece a busca dos jovens mais bem preparados, dispostos a abocanhar vagas no mercado profissional.
    • 2) 6 Motivos para estudar em Galway

      1. Estudante pode trabalhar 20 horas por semana. E 40 em junho, julho, agosto e setembro, e entre 15 de dezembro a 15 de janeiro
      2. A região reúne 35 pontos históricos, 31 museus e 10 galerias de arte.
      3. A Queens College Galway abriu em 1849 com apenas 68 estudantes. Agora a instituição conta com mais de 20.000 matriculados.
      4. Povo acolhedor e muito educado
      5. Atrações gratuitas como museus, parques e galerias de arte
      6. Um dos melhores custos benefícios para intercambistas que procuram a Irlanda
    • 3) Sobre Galway

      Não é à toa que Galway figura entre as regiões mais procuradas da Irlanda. Versátil, proporciona uma mistura de estilo que atende o perfil pacato que busca uma cidade mais calma, de interior.  No entanto, não deixa de honrar o seu apelo cultural, sediando mais de cem festivais ao ano, nem de presentear os mais animadinhos com a gama de pubs e restaurantes que agitam a vida noturna em Galway. A cidade que irradia luz por mais de 17 horas durante o verão, tem um clima ameno, úmido, temperado e, porque não dizer, imprevisível durante todo o ano, devido aos ventos provenientes da corrente do Oceano Atlântico Norte. Mas temperaturas extremas são raras por lá, para alegria dos que preferem fugir do calor tropical.
    • 4) Acomodação em Galway

      Os custos de acomodação variam de acordo com o estado, a cidade e o tipo escolhido. Mas, independentemente do seu destino, na hora de pesquisar um lugar para morar tenha sempre em mente a distância em relação a sua escola e a acessibilidade via transporte público. Dito isso, vamos aos tipos:

      Curto prazo

      Hostels Backpackers (Albergues)

      Os hostels são boas opções para quem deseja economizar com acomodação. Os quartos em geral são coletivos, mas também há de casais e individuais. Preferidos dos viajantes jovens, os ambientes são bem descontraídos, de muita socialização e, com isso, muito procurados nas altas temporadas.

      Lodges

      São espécies de pousadas que oferecem quartos individuais, de casais e coletivos. O ambiente é menos agitado e mais privado do que os hostels, os preços são um pouco mais caros, mas ainda mais em conta do que os hotéis.

      Longo prazo

      Homestay (casa de família)

      A WEST 1 recomenda que, pelo menos nas primeiras semanas, o estudante se hospede em uma homestay, que são casas de famílias irlandesas ou de imigrantes que já estão há muitos anos no país. É lá que o estudante começa a ter contato com a cultura do país, exercita o que aprende na escola, conhece a cidade e tira dúvidas. Para participar deste tipo de programa, as famílias são credenciadas pelo governo Irlandês, o que garante total segurança para o estudante.

      Share accommodation

      Após o período da homestay, o estudante já está mais familiarizado com a escola e a cidade. Sentindo-se mais independente, o passo seguinte é dividir um apartamento ou um quarto com outros estudantes, muitos deles de nacionalidades diferentes, o que é uma experiência muito bacana, além de ser ótimo para aprimorar o idioma. O aluguel, na maioria das vezes, é pago semanalmente, além disso é importante ficar atento a qualquer taxa adicional.
    • 5) Trabalho em Galway

      Muitos intercambistas optam pela Irlanda pela possibilidade de conciliar estudo com o trabalho regulamentado. As oportunidades, em sua maioria, se concentram em hospitalidade e restaurantes, empresas de cleanning, au-pair ou em pubs. À medida que os estudos no idioma forem evoluindo, as opções se ampliam para a área de vendas, recepção, entre outras posições em diversos segmentos do comércio local.
    • 6) Atrações em Galway

      Desde a rua medieval às vias modernas, há muito para ver e fazer em Galway para apreciar sua história. O Claddagh, que significa "a costa", é um exemplo de área notável pelo seu repertório histórico. Originalmente, a região foi uma antiga vila de pescadores, datada do quinto século. Hoje, a área de Claddagh inclui a Igreja Dominicana de Santa Maria, uma escola nacional e um centro comunitário. A vila original foi demolida nos anos 1930 e substituída por casas de veraneio. Diz a lenda que essa área era mais famosa pelo anel Claddagh, criado pelo joalheiro Richard Joyce. A história conta que ele foi sequestrado por piratas em seu caminho para as Índias Ocidentais e seu mestre lhe ensinou artesanato joalheiro. Quando foi libertado, ele retornou a Galway e montou seu comércio. O design do anel simboliza o amor, amizade e lealdade e tem duas mãos entrelaçadas que seguram um coração coroado. Trata-se de uma lembrança bastante popular entre os visitantes da cidade. O Lynch's Castle é outro ponto turístico que remete ao período medieval. O castelo tem quatro andares, com janelas esculpidas, gárgulas e molduras ornamentais. Construído pela poderosa família Lynch como proteção contra invasões, partes do edifício de calcário datam do século XIV, mas a maior parte foi construída no século XVI. Os Lynches, de ascendência anglo-normanda, eram uma das poderosas quatorze tribos que governaram Galway. Hoje, você pode visitar o andar térreo, onde há um banco em funcionamento. Painéis afixados explicam a história e a arquitetura do prédio em detalhes. Capítulos históricos à parte, a paisagem natural em Galway também dá um show e atrai visitantes de toda a Irlanda para ver os extraordinários penhascos de Moher.  Elevando-se 214 metros acima do oceano em seu ponto mais alto, as falésias se estendem por oito quilômetros ao longo da costa de West Clare. Lá do alto é só escolher qual vista você prefere contemplar. Ao norte e ao oeste estão as Ilhas Aran, a Baía de Galway, as Montanhas Twelve Bens e a Cordilheira Maam Turk. E no topo do icônico Cliffs of Moher fica a Torre O'Brien, outro dos pontos turísticos mais fotografados da Irlanda, que mantém-se firme contra os ventos e o implacável ataque do Atlântico. Mas ainda mais fascinante do que as vistas panorâmicas dos Penhascos de Moher, são as vistas para baixo sobre o furioso Oceano Atlântico abaixo. Ondas maciças se lançam contra os Penhascos uma e outra vez, rasgando a rocha e emitindo uma onda sonora explosiva e lançando uma névoa salgada no ar. É um passeio para ficar guardado na memória!

    Mapa de GALWAY