WEST 1 Intercâmbio
  • Nossos Destinos
  • Austrália
  • Canadá
  • Irlanda
  • Nova Zelândia
  • Sobre nós
  • Blog
  • Nossos Serviços
  • Sobre a WEST 1
  • Social Media links
  • West 1 TV
  • Escolas e Cursos
  • Agências
  • Ouvidoria
  • Fale Conosco
  • Intercâmbio em Calgary Canadá

    CALGARY

    Snapshot

    Overview

    Overview

    › População:

    1.239.220 (Censo / 2016)

    › Área:

    825.56 km² (Censo / 2016)

    › Fuso Horário:

    Localizada no Oeste do Canadá, a cidade está três horas atrás do horário de Brasília no verão, mas, durante o inverno essa diferença aumenta para quatro e depois cinco horas. ** O Daylight Saving Time (horário de verão no Canadá) começa na segunda semana de Março. Durante esse período a diferença com relação ao horário de Brasília é a menor do ano, com apenas uma hora a menos, até outubro. No primeiro domingo de novembro o horário volta ao normal e a diferença com o Brasil aumenta para três horas. Somente no período em que ainda não terminou o horário de verão lá e já começou o nosso, que é no mês de outubro, essa diferença é de duas horas.

    › Código Telefônico:

    +1 +403 +1 (código do Canadá) / + 403 (código de Calgary)

    › Localização (Região):

    Localizada aos pés das montanhas rochosas do lado Oeste do Canadá, Calgary é a maior cidade da província de Alberta. A cidade está situada na confluência do rio Bow e do rio Elbow, na região sul da província.

    › Data de fundação:

    Sites de pesquisa apontam 1875 como sendo o ano de fundação da cidade de Calgary, no entanto, esse dado é inconclusivo.

    › Índice de melhor cidade para se viver:

    Calgary foi eleita em 2018 a 4a melhor cidade do mundo para se viver pelo Departamento de Pesquisa e Análise do grupo britânico The Economist. 140 cidades ao redor do mundo foram avaliadas nas categorias estabilidade, saúde pública, cultura e meio ambiente, educação e infraestrutura. Calgary foi a cidade da América do Norte que ficou mais no topo da lista.

    › Densidade demográfica:

    1.501 hab./km² (Censo 2016)

    › Custo de vida:

    Estimativa mensal para uma pessoa (sem aluguel): CAD 1.133,38

    › Temperatura média:

    Mínima média anual: - 11°C no inverno, que ocorre entre os meses de dezembro e fevereiro. Máxima média anual: 24°C no verão, começa em junho e termina no início de setembro.

    Climate

    Climate

    Calgary apresenta um clima continental, com verões curtos e invernos prolongados e bastante rigorosos. No entanto, o chamado Chinook, vento quente e seco que desce das Montanhas Rochosas, costuma amenizar as temperaturas, servindo de conforto durante o auge do frio.
    A temperatura mínima média anual é de -11ºC no inverno, entre os meses de dezembro e fevereiro. Já a máxima média anual é de 24º C no verão, que começa em junho e termina no início de setembro.

    Lifestyle

    Lifestyle

    Cidade moderna com ares de cidade do interior.

    History

    History

    Calgary foi incorporada em 1884 como a primeira cidade no que hoje é a província de Alberta, recebendo o status de cidade em 1894. Daí em diante, alguns fatores foram cruciais para o seu desenvolvimento: o cultivo agrícola e a expansão das linhas ferroviárias, que solidificou a cidade como o principal centro de distribuição de Alberta. Um terceiro elemento crucial no desenvolvimento econômico de Calgary foi o surgimento das indústrias de petróleo e gás natural, com a primeira refinaria de petróleo de Alberta inaugurada em Calgary em 1923.

    A partir de então o crescimento exponencial da cidade, de um centro regional no sul de Alberta para uma metrópole de status internacional, é um desdobramento direto de sua economia diversificada e de sua base populacional cada vez mais cosmopolita.

    Entre os anos 1990 e 2000, os fluxos migratórios aumentaram consideravelmente e a população predominantemente anglo-saxônica de Calgary diminuiu em proporção à população total, assim como aqueles que indicam o inglês como sua língua materna. Em 2011, Calgary ficou em quarto lugar entre as cidades canadenses em termos do número de imigrantes recentes, que hoje compõem cerca de 30% da população da cidade. Entre 2006 e 2011, a população nascida no exterior em Calgary aumentou em 24%, de 252.800 para 313.880, tornando-se uma das populações de imigrantes que mais crescem no país.
    A migração interna no Canadá também é importante para o crescimento de Calgary. A indústria de petróleo e gás natural da província tem sido especialmente importante nesse aspecto, atraindo novos trabalhadores de lugares tão distantes quanto as províncias do Atlântico.

    Cost of Living

    Cost of Living

    Estimativa mensal para uma pessoa (sem aluguel): CAD 1.133,38

    Public Transport

    Public Transport

    O transporte público de Calgary integra o uso de trens e ônibus na cidade. Os bilhetes podem ser adquiridos nas lojas de conveniência, nos terminais de trem ou ainda ao entrar nos ônibus.
    Neste caso, no entanto, é necessário ter o valor exato para depósito no caixa do motorista, pois ele não fornece troco. Com o bilhete unitário você pode utilizar quantos meios de transporte forem necessários em um intervalo de 90 minutos.
    Há ainda a opção do passe mensal, que custa em torno de $100,00. Com ele o acesso ao transporte é ilimitado, tanto de trem quanto de ônibus, todos os dias, dentro do mês vigente do passe.
    O transporte em Calgary costuma ser bastante eficiente e pontual. O aplicativo da Calgary Transit orienta sobre trajetos, horários e linhas correspondentes.
    Um detalhe sobre as estações de ônibus é que várias delas são fechadas e possuem sistema de calefação – um alento muito bem-vindo para os dias de inverno rigoroso.
    Ah, e não estranhe se você se deparar com um animal de estimação dentro do ônibus ou trem. Assim como a maioria das cidades canadenses, Calgary é tão pet friendly que os bichinhos são bem-vindos a bordo, sem pagar passagem. A única condição é que os cães estejam usando coleira, já outros animais precisam estar em caixas de transporte.

    Estude e trabalhe
    em CALGARY

    Localizada a oeste do Canadá, aos pés das Montanhas Rochosas, um dos principais cartões postais do país, Calgary foi eleita em 2018 a quarta melhor cidade do mundo pra se viver pelo Departamento de Pesquisa e Análise do grupo britânico The Economist.

    Ao escolher Calgary como destino para o seu intercâmbio você vai se deparar com um belo contraste entre a modernidade de seus arranha-céus, o status de capital da energia (por reunir o maior conglomerado de empresas petrolíferas) e a receptividade e gentileza genuína dos moradores locais – o que transmite um ar de cidade do interior e um clima bem familiar.

    Seus mais de 500 lagos e uma infinidade de áreas verdes favorecem passeios ao ar livre, prática de ciclismo e hiking. Sem esquecer a veia artística e cultural de Calgary que pulsa por meio dos festivais de rua, do incentivo à sétima arte com peças de teatro importadas da Broadway e museus interativos que propõem uma verdadeira viagem no tempo. Com todos esses atrativos, você nem vai sentir o frio rigoroso que é peculiar da região.

    Você sabia?

    • 'Qualidade de Ensino'

      Considerada como a melhor universidade jovem do mundo, a University of Calgary formou mais de 160 mil alunos em pouco mais de 60 anos de atuação.
    • 'Jovem'

      Calgary tem a população mais jovem do Canadá. 41% dos habitantes tem entre 20 e 44 anos e a média de idade na cidade é de 36 anos.
    • 'Qualidade de vida'

      Calgary foi classificada como o melhor lugar para se trabalhar no Canadá pelo jornal Globe and Mail. Além disso, a revista Today’s Parent apontou a cidade como uma das cinco melhores para famílias.
    • 'Frio'

      Vários prédios do centro da cidade são interligados por meio de passarelas climatizadas – um alento em dias de frio.
    • 'Pets'

      Cachorros e outros pets são bem-vindos a bordo dos trens de Calgary, e não pagam passagem. A única condição é que os cães estejam usando coleira e os outros animais devem ser levados em caixas de transporte.

    Saiba tudo sobre intercâmbio em CALGARY

    Descubra por que estudar em Calgary com a WEST 1

    FAQ

    • 1) Por que estudar em Calgary

      A população de Calgary, além de bastante amável e disposta a ajudar quem é de fora, é uma das mais jovens do Canadá – 40% têm entre 20 e 44 anos. Por lá o estudante conta com um transporte integrado entre trens e ônibus, além de ter acesso gratuito ao sistema público de saúde. Comparada a outras cidades canadenses, Calgary também oferece um custo de vida bastante acessível, considerando aluguel, alimentação e combustível. Para o aperfeiçoamento profissional, você poderá escolher entre os cursos de inglês, vocacionais ou Ensino Superior em uma das renomadas instituições da província de Alberta. Um exemplo é a University of Calgary. Considerada a melhor universidade jovem do mundo, a instituição formou mais de 160 mil alunos em pouco mais de 60 anos de atuação. O Southern Alberta Institute of Technology é outro destaque para o ensino de Tecnologia, assim como a Mount Royal University. Ambos oferecem uma grade extensa de opções e, além das ciências exatas, são referência em cursos de Comunicação, Negócios, Educação e Saúde.
    • 2) 7 Motivos para estudar em Calgary

      1. Estudante full time em curso profissionalizante pode trabalhar 20 horas por semana (e em tempo integral durante as férias)
      2. Calgary oferece um dos custos de vida mais acessíveis do Canadá, considerando aluguel, alimentação e combustível
      3. Baixas taxas de impostos
      4. Estudante tem livre acesso à rede pública de saúde
      5. Opções gratuitas de passeios culturais
      6. População jovem e receptiva ao imigrante
      7. Calgary está próxima às Montanhas Rochosas e ao Parque Nacional Banff, dois dos principais cartões postais canadenses
    • 3) Sobre Calgary

      Calgary é o resultado de um belo contraste entre a modernidade de seus arranha-céus, o status de capital da energia (por reunir o maior conglomerado de empresas petrolíferas) e a receptividade e gentileza genuína dos moradores locais – o que transmite um ar de cidade do interior e um clima bem familiar. Calgary ainda reúne algumas outras qualidades que colaboraram para que fosse eleita em 2018 a quarta melhor cidade do mundo para se viver pelo The Economist. Seus mais de 500 lagos e uma infinidade de áreas verdes favorecem passeios ao ar livre, prática de ciclismo e hiking. Sem esquecer a veia artística e cultural de Calgary que pulsa por meio dos festivais de rua, do incentivo à sétima arte com peças de teatro importadas da Broadway e museus interativos que propõem uma verdadeira viagem no tempo. Com todos esses atrativos, você nem vai sentir o frio rigoroso que é peculiar da região. Como se não bastasse tudo isso, Calgary está próxima a dois dos principais cartões postais canadenses: o Parque Nacional Banff e as Montanhas Rochosas.
    • 4) Acomodação em Calgary

      Os custos de acomodação variam de acordo com o estado, a cidade e o tipo escolhido. Mas, independentemente do seu destino, na hora de pesquisar um lugar para morar tenha sempre em mente a distância em relação à sua escola e à acessibilidade via transporte público. Dito isso, vamos aos tipos:

      Curto prazo

      Hostels Backpackers (Albergues)

      Os hostels são boas opções para quem deseja economizar com acomodação. Os quartos em geral são coletivos, mas também há quartos de casal e individuais. Tem como maior público os viajantes jovens e por isso os ambientes são descontraídos e de muita interatividade. Os albergues geralmente ficam bem cheios nas altas temporadas.

      Lodges

      São espécies de pousadas que oferecem quartos individuais, de casais e coletivos. O ambiente é menos agitado e mais privado do que os hostels, os preços são um pouco mais caros, mas ainda mais em conta do que os hotéis.

      Longo prazo

      Homestay (casa de família)

      A WEST 1 recomenda que, pelo menos nas primeiras semanas, o estudante se hospede em uma homestay, que são casas de famílias canadenses ou de imigrantes que já estão há muitos anos no país. É lá que o estudante começa a ter contato com a cultura do país, exercita o que aprende na escola, conhece a cidade e tira dúvidas. Para participar deste tipo de programa, as famílias são credenciadas pelo governo do Canadá, o que garante total segurança para o estudante.

      Share accommodation

      Após o período da homestay, o estudante já está mais familiarizado com a escola e a cidade. Sentindo-se mais independente, o passo seguinte é dividir um apartamento ou um quarto com outros estudantes, muitos deles de nacionalidades diferentes, o que é uma experiência muito bacana, além de ser ótimo para aprimorar o idioma. O aluguel, na maioria das vezes, é pago semanalmente, é importante ficar atento a qualquer taxa adicional.
    • 5) Trabalho em Calgary

      Para que o intercambista concilie estudo e trabalho no Canadá, é preciso estar matriculado em um curso cuja carga horária seja full time, com no mínimo seis meses de duração. Além das inúmeras opções em Ensino Superior, você poderá optar por cursos vocacionais, tais como Hospitality Management, Business Management etc. Cursos de idiomas não concedem direito a trabalho. Os cursos vocacionais (ou career colleges) são mais acessíveis e exigem um nível mais baixo de compreensão do inglês, se compararmos com o ensino superior. Ainda assim, em muitos dos casos, essa categoria permite que o aluno trabalhe durante 20 horas por semana durante os estudos. No entanto, é preciso ainda que o curso escolhido possua o componente Co-op. Não se trata de um tipo de curso e sim de um componente do programa escolhido, no qual o aluno é obrigado a estagiar após a conclusão do curso (seja ele universitário ou vocacional). Uma maneira de praticar a teoria exposta em sala de aula. Uma vez cumpridos esses requisitos da imigração canadense, você poderá solicitar o work permit, documento de autorização de trabalho que possibilita trabalhar 20 horas semanais durante o período das aulas e 40 horas semanais durante as férias. Em Calgary, as oportunidades de trabalho para estudantes concentram-se, sobretudo, nos segmentos de vendas e hotelaria, com posições em hotéis, restaurantes e eventos em geral. A área de Tecnologia da Informação, assim como a Engenharia, também são bastante promissoras por lá. Importante: para trabalhar no Canadá você também vai precisar efetuar cadastros gratuitos no Individual Tax Number (ITN) e Social Insurance Number (SIN). Tratam-se de documentos requeridos pela legislação local para fins de recolhimento de impostos e identificação da força laboral por agências governamentais. A WEST 1 orienta sobre como obtê-los.
    • 6) Atrações em Calgary

      Em meio à modernidade peculiar de Calgary e seus arranha-céus, um deles se destaca como principal cartão postal da cidade. Com uma altura equivalente a um prédio de 60 andares, a Calgary Tower oferece uma vista panorâmica incrível da cidade e arredores, além de gastronomia requintada em seu restaurante 360º. Com 32 atrações, 24 pontos de alimentação, 23 jogos, entretenimento ao vivo e um teatro 3D, o Calaway Park é o maior parque de diversões do Canadá. Localizado a 10 quilômetros a oeste de Calgary, próximo às Montanhas Rochosas, o passeio é outro convite a uma vista espetacular. Outra sugestão imperdível por lá é o Heritage Park Historical Village. Trata-se de um museu interativo com mais de 150 atrações que remontam a história sobre o assentamento do oeste do Canadá, o comércio de peles no início da década de 1860 e os anos 50 dominados pelo petróleo e pelo automóvel. A icônica Lougheed House não poderia ficar de fora da relação dos principais pontos turísticos em Calgary. Construída em 1891, a casa é patrimônio histórico do Canadá e uma das atrações mais visitadas na cidade.  A mansão foi residência do senador James Alexander, um político do Século XIX, que hospedou membros da realeza britânica, como o príncipe Edward, a princesa Patricia e o Duque e Duquesa de Connaught. A visita pode terminar com um almoço ou brunch no restaurante da casa, que fica aberto de quarta-feira a domingo. Assim como a maioria das cidades canadenses, Calgary preserva bastante a cultura e arte do país. O Glenbow, maior museu de arte da Costa Oeste do Canadá, é prova disso. Com acervo distribuído em um espaço de 8.600 m² de exposições em mais de 20 galerias, abriga mais de um milhão de objetos. Entre eles, mais de 80 quadros dos mais renomados pintores do país, além de coleção de objetos históricos do período em que a província começou a ser colonizada pelos europeus. No centro da cidade se concentra a maior parte da vida noturna de Calgary com bares, pubs e restaurantes. Próximo à região está o Prince Island Park: 20 hectares de área verde que convidam a um piquenique, caminhada ou passeio de bike. O parque também sedia diversos festivais ao longo do ano como o Festival de Música do Povo de Calgary, Shakespeare by the bow, com apresentações de teatro, o Carifest (festival de arte e cultura caribenha) e o Canada Day, um dia cheio de atrações para celebrar o aniversário do país. Entre maio e setembro, Calgary também é ponto de partida para excursões curtas que tem como destino os belos lagos nas montanhas, quedas d’água, o Parque Nacional de Banff e o Lago Louise, chamado de “Jóia das Montanhas Rochosas”, com a Geleira Victoria reluzente ao fundo.

    Mapa de CALGARY