WEST 1

Intercâmbio

  • Nossos Destinos
  • Austrália
  • Canadá
  • Irlanda
  • Nova Zelândia
  • Sobre nós
  • Blog
  • Nossos Serviços
  • Sobre a WEST 1
  • Social Media links
  • West 1 TV
  • Escolas e Cursos
  • Agências
  • Fale Conosco
  • Intercâmbio em Cork Irlanda

    CORK

    Snapshot

    Overview

    População

    125.622 (2016)

    Área

    37,3 km²

    Fuso Horário

    Entre 2 a 4 horas à frente do horário de Brasília/Brasil, depende da época do ano. ** E no Horário de Verão? O horário de verão na Irlanda vai do último domingo de março até o último domingo de outubro. No final de outubro o Brasil entra em horário de verão, adiantando os relógios brasileiros em 1 hora, portanto, a diferença diminui para 3 horas. Como em boa parte desse período (março a outubro) o Brasil está em seu horário tradicional, durante a maior parte do ano a diferença entre Brasil-Irlanda é de 4 horas. Em contrapartida, quando o horário de verão está em vigor somente no Brasil, a diferença cai para apenas 2 horas.

    Código Telefônico

    +353

    Localização (Região)

    Cork é a segunda maior cidade da República da Irlanda e a terceira mais populosa da ilha da Irlanda. É a capital e a principal cidade do condado de Cork e também a maior cidade da província de Munster.

    Data de fundação

    Sites de pesquisa apontam que Cork teria alcançado um carácter urbano entre os anos 915 e 922, quando colonizadores teriam fundado um porto comercial. Então, teria sido proposto que, assim como Dublin, Cork fosse um importante centro comercial no comércio mundial escandinavo.

    Índice de melhor cidade para se viver

    Segundo o site Numbeo, especializado na comparação de dados entre metrópoles de diferentes nacionalidades, Cork tem os melhores indicativos sociais referentes à qualidade de vida na Irlanda e no mundo. A cidade foi tão bem avaliada que está entre as 20 melhores do mundo no quesito, enquanto que a capital irlandesa Dublin aparece na 78ª colocação. A pesquisa foi feita em 2017 e o ranking foi elaborado com base em informações coletadas pelo site e também por usuários e analisa fatores como: poder de compra, segurança, sistema de saúde, trânsito, poluição e clima. Com base em todos esses indicadores, Cork figura na 19ª colocação mundial.

    Densidade demográfica

    3.367 hab/km²

    Custo de vida

    Estimativa mensal para uma pessoa (sem aluguel): € 748.46

    Temperatura média

    O clima de Cork é bastante agradável com verões frescos e invernos modestos. A sua temperatura média é de 9 °C no inverno e 20 °C nos meses mais quentes de verão. A temperatura mais alta registada em Cork foi de 29 °C e a mais baixa de -9 °C Mínima média anual: 9 °C - Máxima média anual: 20 °C

    Climate

    Em Cork, o verão é agradável e de céu parcialmente encoberto. O inverno é longo, muito frio, com precipitações de chuva e de céu encoberto. Durante o ano inteiro, a cidade é acometida por fortes ventos por conta da proximidade com o mar. Ao longo do ano, em geral, a temperatura varia de 4 °C a 19 °C e raramente é inferior a -0 °C ou supera os 23 °C.

    Lifestyle

    Cork é conhecida como a Capital da Comida na Irlanda, graças aos seus mercados abertos e restaurantes diversos. A área toda ao sul é bem turística também, com atrações como castelos, a cidade portuária de Cobh e as formações naturais na área de West Cork, com praias e penhascos. Cork tem muita vida musical pelas ruas, tanto que até tem um festival de Jazz que acontece todos os anos no último fim de semana de outubro.

    History

    Também fundada por colonizadores de vikings por meio de um porto comercial, a história de Cork está muito ligada à luta da Irlanda pela independência. Em 1185, sob o domínio inglês, a cidade mudou de mãos diversas vezes durante a luta implacável entre as forças irlandesas e da coroa. Durante o século XVIII, Cork prosperou com a comercialização de manteiga, carne, cerveja e uísque exportados para todo o mundo a partir do seu porto.

    Durante a guerra pela independência irlandesa, em 1921, o centro de Cork foi devastado por incêndios e combates entre forças britânicas e irlandesas. A cidade era totalmente murada: diversas secções dessas muralhas perduram até hoje.

    Cost of Living

    Estimativa mensal para uma pessoa (sem aluguel): € 748.46

    Public Transport

    Apesar de ser a segunda maior cidade da Irlanda, Cork é bastante compacta, seus principais pontos turísticos e centros de conveniência estão muito bem localizados – o que é muito bom para conhecer boa parte a cidade a pé. Nem por isso o transporte deixa a desejar. Você terá acesso a uma rede de ônibus moderna e eficiente com direito a ar condicionado e Wi-Fi! Muito bem sinalizada, a cidade é interligada também por uma malha ferroviária bastante extensa.

    Assim como ocorre em Dublin, os tickets são cobrados por zonas e os valores variam conforme o trajeto percorrido. Como estudante, a West 1 recomenda que você adquira o Student Lead Card para obter o desconto nas tarifas, além de baixar os aplicativos dos serviços de transporte. Assim você fica conectado e recebe a orientação devida sobre o trajeto correto a percorrer.

    Apesar de oferecer um sistema de transporte muito bem estruturado e eficiente, a bike é a verdadeira queridinha de Cork. A magrela ganhou até um festival temático que aborda questões ecológicas e incentiva o seu uso.

    Estude e trabalhe
    em CORK

    Localizada a 260 km de Dublin, a pequena e charmosa Cork é conhecida como polo cultural da Irlanda e também da Europa. O título não é honrado apenas por seus pontos turísticos que exalam a história do país, como a St. Anne Church, igreja do século XVIII que, do alto dos 30 metros de sua torre, oferece o mais alto mirante da cidade. Aqui a cultura é considerada o ponto alto, (lado a lado com a gastronomia), porque a agenda de Cork está repleta de festivais com programações que destacam não apenas música, arte, mas também aguçam os paladares, com o Taste of West Cork, no qual é possível visitar fazendas orgânicas, degustar diversos pratos e participar de aulas de culinária.

    A cidade também proporciona a prática de esportes radicais e aquáticos, trilhas e montanhismo. Além disso, Cork mantém parte de suas construções originais, a exemplo de suas emblemáticas casas coloridas. Tudo em meio a belas montanhas, a cidade é tiro certo para quem gosta de estar em contato com a natureza. Dá para imaginar que a paisagem é um show à parte, né?

    Você sabia?

    • 'É ele?'

      Jack Gleeson, ator que interpreta o Jofrey Baratheon, em Game of Thrones, nasceu em Cork e dizem que é normal encontrá-lo na cidade.
    • 'Mirante'

      O principal mirante da cidade, com 30 metros de altura, fica no topo da torre de uma igreja, a St. Anne Church.
    • 'The English Market'

      Até a rainha Elizabeth II, em 2011, já visitou o The English Market, um dos principais pontos turísticos de Cork.
    • 'Museu da manteiga!'

      Localizado na zona histórica de Cork, o Cork Butter Museum conta a história do produto que é tido como expoente da exportação irlandesa, a manteiga. Ele descreve como funcionou a fabricação artesanal do produto no passado e como ele teve uma grande parcela no desenvolvimento do país.
    • 'Pedala!'

      O Cork Cycling Festival é organizado por um grupo de voluntários que tem como objetivo celebrar a cultura do uso da bicicleta em Cork. Em 2018, o evento comemora 12 anos.

    Saiba tudo sobre intercâmbio em CORK

    Descubra por que estudar em Cork com a WEST 1

    FAQ

    • 1) Por que estudar em Cork

      Entre as principais escolhas dos intercambistas que optam pela Irlanda, Cork frequentemente rivaliza com Dublin, ocupando o segundo lugar. Lá você não estará livre de encontrar brasileiros, mas será mais difícil ouvir o português na rua, fato que pode ocorrer com frequência em Dublin. Como a cidade não é o principal foco dos turistas e o ar de interior prevalece, é possível ter mais contato com os irlandeses, o que também ajuda no desenvolvimento do idioma. Na University College, você poderá optar por diversos cursos, incluindo temas ligados às artes e design. Mas, se a sua praia é tecnologia, o Cork Institute of Technology está entre os principais centros de estudo na Irlanda. Sem contar as inúmeras opções de instituições privadas de aperfeiçoamento do idioma em seus diversos níveis.
    • 2) 5 Motivos para estudar em Cork

      1. Cork já foi considerada capital europeia da Cultura
      2. Bom custo benefício para intercambistas
      3. Estudante brasileiro pode trabalhar 20 horas por semana. E 40 em junho, julho, agosto e setembro, e entre 15 de dezembro a 15 de janeiro
      4. Povo acolhedor e educado, receptivo aos quem vêm de fora
      5. Ponto estratégico para bate-volta para outros condados como Limerick, Galway e também para a capital Dublin.
    • 3) Sobre Cork

      A charmosa Cork fica a três horas de ônibus de Dublin, e perde apenas para a capital no quesito escolha de intercambistas. Aliás, a partir de lá, é possível fazer inúmeros bate-volta para outros condados também, como Galway e Limerick. Um destino que também está bem pertinho de Cork é a pequenina e praiana Cobh - a última parada do Titanic antes do naufrágio. Conhecida como polo cultural da Irlanda e também da Europa, o título não lhe foi concedido apenas graças aos pontos turísticos que exalam a história do país, como a St. Anne Church, igreja do século XVIII que, do alto dos 30 metros da torre do sino, oferece o mais alto mirante da cidade. Aqui a cultura é considerada ponto alto porque a agenda de Cork está repleta de festivais com programações que destacam não apenas música, dança, arte, mas também gastronomia, com o Taste of West Cork, no qual estão representados os restaurantes que tornam Cork também muito famosa pela boa comida. Neste festival é possível visitar fazendas orgânicas, degustar diversos pratos e participar de aulas de culinária.
    • 4) Acomodação em Cork

      Uma dica importante quando se trata de escolher o local para morar é priorizar regiões próximas à sua escola ou que ofereçam alternativas de transporte público para facilitar deslocamentos. Confira algumas sugestões West 1, de acordo com a duração da viagem:

      Curto prazo

      Hostels Backpackers (Albergues)

      Os hostels são boas opções para quem deseja economizar com acomodação. Os quartos em geral são coletivos, mas também há de casais e individuais. Preferidos dos viajantes jovens, os ambientes são bem descontraídos, de muita socialização e, com isso, muito procurados nas altas temporadas.

      Lodges

      São espécies de pousadas que oferecem quartos individuais, de casais e coletivos. O ambiente é menos agitado e mais privado do que os hostels, os preços são um pouco mais caros, mas ainda mais em conta do que os hotéis.

      Longo prazo

      Homestay (casa de família)

      A WEST 1 recomenda que, pelo menos nas primeiras semanas, o estudante se hospede em uma homestay, que são casas de famílias australianas ou de imigrantes que já estão há muitos anos no país. É lá que o estudante começa a ter contato com a cultura australiana, exercita o que aprende na escola, conhece a cidade e tira dúvidas. Para participar deste tipo de programa, as famílias são credenciadas pelo governo australiano, o que garante total segurança para o estudante.

      Share accommodation

      Após o período da homestay, o estudante já está mais familiarizado com a escola e a cidade. Sentindo-se mais independente, o passo seguinte é dividir um apartamento ou um quarto com outros estudantes, muitos deles de nacionalidades diferentes, o que é uma experiência muito bacana, além de ser ótimo para aprimorar o idioma. O aluguel, na maioria das vezes, é pago semanalmente, e antes de se mudar é preciso depositar o famoso “bond”, que nada mais é do que um adiantamento que varia de duas a quatro semanas do aluguel.
    • 5) Trabalho em Cork

      Quando o assunto é mercado de trabalho, as ofertas em Cork são semelhantes às de Dublin. O intercambista encontra opções em restaurantes, empresas de cleanning, au-pair ou em pubs. Algumas empresas, inclusive, buscam pessoas fluentes em português para atender as multinacionais instaladas em Cork. A Apple é um exemplo delas.
    • 6) Atrações em Cork

      Cork está a apenas três horas de ônibus de Dublin. Aliás, a partir de lá, é possível fazer bate-volta para outros condados também, como Galway e Limerick. Também pertinho de Cork, está a pequenina e praiana Cobh, a última parada do Titanic antes do naufrágio. Lá você pode conhecer o museu do Titanic, não tão grande quanto o que existe em Belfast, mas que não deixa de ser um bom passeio. Ainda em Cobh, seguindo a caminhada pelas ruelas e ladeiras, você vai conhecer as famosas casinhas coloridas e a Catedral da cidade. A antiga prisão, Cork City Gaol, fechada em 1923 e reaberta em 1927 como uma estação de rádio, também merece sua visita. Com o apoio do áudio tour é possível conhecer as celas restauradas, que remontam o cenário no qual viviam os prisioneiros e dão uma ideia de como era o sistema penal do século XIX. E no coração da cidade, o The English Market é um mercado de alimentos que também não poderia ficar de fora do arsenal histórico irlandês, por ter iniciado suas atividades, oficialmente, em 1788. Hoje, o The English Market é mais do que uma opção para comer e fazer compras, mas sim um ponto turístico badalado que já recebeu até a rainha Elizabeth II!

    Mapa de CORK